ícone relógio

INFORMAÇÕES E CONTATO +

Saiba tudo sobre o LPF (LOW PRESSURE FITNESS)

kyarablogteste-min

Low Pressure Fitness (LPF) é um sistema de treino baseado em uma técnica hipopressiva. E, como seu próprio nome diz, é um método “fitness da baixa pressão”. A técnica respiratória hipopressiva restaura à técnica do yoga conhecida por Uddiyana Bandha.

Praticantes de yoga aplicam a técnica há milhares de anos. Entre suas finalidades estão: a mobilização visceral, o fortalecimento muscular e respiratório entre outras. 

Veja também: Os benefícios do pilates para o corpo 

Uddiyana significa elevar-se, e Bandha contração. Ou seja, “contração elevada”. Técnica bastante popularizada e aplicada por grandes fisiculturistas na década de 80 e que posteriormente, explodiu nos anos 90, por conta de sua utilização na reabilitação da região pélvica e pós-partos em centros de fisioterapia.

De técnica hipopressiva ao famoso Low Pressure Fitness, dos dias de hoje

Em 2006 surgiu, pelas mão do espanhol, Piti Pinsach a técnica hipopressiva aplicada ao fitness e à prevenção. Após alguns anos e muitos estudos realizados junto a Doutora Tamara Rial, o conceito hipopressivo evoluiu e passou a ser o treino Low Pressure Fitness.

Low Pressure Fitness na prática

O Low Pressure Fitness, se trata de um programa de exercícios que trabalham a musculatura do corpo de forma equilibrada e que não provoca aumento da pressão intra-abdominal.

E mais: Conheça os 4 passos para ter uma pele perfeita 

É possível ainda, se deparar com treinos de diversos níveis, o que facilita a iniciação da prática, bem como a evolução dentro dela. Sempre de acordo com a necessidade de cada pessoa.

O que ocorre no corpo de quem pratica abdominais hipopressivos?

Ao praticar o método LPF, o centro de força do nosso corpo, localizado na região abdominal, descompensa os órgão internos de forma muito eficiente e libera tensões miofasciais.

Foto/Reprodução: Amigas reunidas para praticar atividade física. Via: bruce mars – Unsplash

É importante saber que a aspiração visceral, equivale a apenas 20% do método LPF. A mudança que ocorre no corpo, popularmente conhecida como “barriga negativa”, apesar de um dos maiores destaques da técnica, trata-se apenas de um, dos diversos benefícios gerados ao corpo com a prática dessa técnica. Que engloba:

  • o avanço no eixo de gravidade;
  • relaxamento da musculatura do pescoço, cotovelos e joelhos;
  • promove o alongamento da coluna cervical;
  • equilibra o tônus do assoalho pélvico;
  • melhora o tônus abdominal;
  • previne e auxilia a incontinência urinária e a diástase abdominal;
  • melhora o desempenho sexual;
  • diminui a retenção de líquidos;
  • melhora a constipação;
  • previne hérnias;
  • melhora a postura;
  • alivia dores na coluna;
  • diminui a ansiedade; 
  • combate o stress.

Que tipo de profissional pode ministrar aulas de LPF? É necessária certificação específica?

Profissionais formados e que atuam nas áreas de Educação Física e Fisioterapia, podem se qualificar e ministrar o método após tornarem-se licenciados LPF. 

Veja mais: Alimentos muito prejudiciais a saúde que você ingere todos os dias 

A formação da técnica é dividida em 3 níveis, sendo todos eles regidos por um rigoroso padrão internacional.

Qual é o tempo de duração da aula de LPF? É possível treinar em casa sem o auxílio de um instrutor?

As aulas têm duração média de 30 minutos e, geralmente, são realizadas de 1 a duas vezes na semana. É recomendado ainda que o praticante se exercite em casa, por 5 minutos, diariamente. Esse treino deve ser direcionado pelo profissional que já atende o praticante, de acordo com uma avaliação realizada previamente para entender os objetivos e limites de cada indivíduo. 

Veja ainda: Como ter uma vida melhor e mais saudável de maneira simples 

É bem recorrente o números de pessoas que tentam praticar o LPF em casa através de vídeos encontrados na internet. Entretanto, esta prática é altamente perigosa e contraindicada quando realizada sem supervisão de um profissional. 

O LPF trata-se de um sistema de treinamento com padrões posturais que requerem respiração correta e guiada, concentração, além de ajustes posturais durante a prática. Se feito da maneira errada, o treino podem comprometer o corpo e saúde do praticante. Por isso, é primordial contar com a assistência de um profissional.

Gostou das informações sobre o método LPF? Se você se interessou pela técnica saiba que é possível conhecê-la e praticá-la com a supervisão e de profissionais altamente qualificados na Clínica Kyara Morgana

Visite-nos e saiba ainda mais sobre essa modalidade que promete melhorar e muito sua qualidade de vida em diversos aspectos. 

 

COMPARTILHAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

QUER SABER MAIS?

Preencha seu e-mail e receba conteúdos exclusivos sobre os nossos tratamentos